Publicidade

O presidente do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4 Regio), Carlos Eduardo Thompson Flores, afirmou a congressistas petistas, nesta sexta-feira (12), que est preocupado com as ameaas de conflitos durante julgamento do ex-presidente Luiz Incio Lula da Silva, no dia 24.

delegao de petistas ele afirmou ter relatado sua apreenso presidente do STF, ministra Carmen Lcia, e procuradora-geral, Raquel Dodge. Segundo ele, o tribunal, com sede em Porto Alegre, tem detectado presses de todos os lados, especialmente em manifestaes em redes sociais.

Os petistas entregaram ao desembargador uma carta com crticas a ele prprio, alm do juiz Srgio Moro, que condenou Lula na primeira instncia.

Sem citar nominalmente Thompson Flores, os petistas afirmam, no documento, que recentes elogios deciso de Moro “lanam preocupao sobre o carter do julgamento”.

AMEAAS

O presidente do TRF-4 disse que os juzes esto recebendo ameaas e que alguns deles tiraram suas famlias do Estado. Ele citou o caso de uma pessoa do Mato Grosso do Sul que tem ameaado atacar fisicamente o prdio do TRF-4.

O desembargador contou tambm ter recebido um telefonema do presidente da associao de magistrados com relatos de ameaas a juzes.

Em resposta, os petistas alegaram no haver orientao neste sentido e que as ameaas devem ser acompanhadas caso a caso.

“No h nos movimentos sociais qualquer disposio para conflitos, no h orientao nesse sentido”, diz o deputado Marco Maia, admitindo haver “radicalismo” de todos os lados.

Segundo o tribunal, o presidente da corte disse que aceita “prontamente a colaborao para assegurar a segurana de todos os envolvidos”. “Pedimos que divulguem a mensagem por manifestaes pacficas”, disse ele.

Autoridades que quiserem acompanhar o julgamento tero acesso ao tribunal e assistiro sesso em um telo. A sala de julgamentos ficar restrita a advogados e partes.



Source link

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA