Publicidade

Patrocinador da CBF desde 2008, o Banco Ita se manifestou sobre a suspenso de 90 dias do presidente Marco Polo del Nero e afirmou Folha que j sinalizou que a entidade deveria seguir “alicerces de transparncia e tica” na gesto. A empresa diz que apoia e acompanha as investigaes de casos de corrupo no esporte.

“Como signatrio do Pacto pelo Esporte e banco oficial da seleo brasileira em todas as suas categorias, o Ita apoia e continua acompanhando as investigaes em prol da transparncia e da tica na gesto do futebol no mundo e no Brasil. fundamental que a Confederao Brasileira de Futebol (CBF) demonstre o seu compromisso com esses alicerces, conforme j sinalizamos confederao em oportunidades anteriores. Nossa ligao com o esporte vem de longa data e foi reforada em 2008 quando decidimos patrocinar todas as categorias da seleo”, informou o banco em nota oficial.

O Pacto pelo Esporte um acordo entre empresas patrocinadoras do esporte brasileiro que tem o objetivo de contribuir para a cultura e a prtica de governana, integridade e transparncia do segmento.Ele promovido pela Atletas pelo Brasil, pelo Instituto Ethos, LIDE Esporte e tem apoio do Mattos Filho Advogados.

A GOL lembra que tambm signatria do Pacto.

“A GOL tem como compromisso apoiar o crescimento e o desenvolvimento do esporte brasileiro. Alm do patrocnio Confederao Brasileira de Futebol (CBF), a companhia a transportadora oficial da Seleo Brasileira. Em outubro de 2015, a empresa participou da assinatura do Pacto pelo Esporte com o intuito de fazer parte de um grupo de trabalho que tem como foco a construo de um ambiente de negcios mais propcio ao investimento esportivo, sobretudo de longo prazo”, disse a companhia por meio de sua assessoria de imprensa.

De todos os patrocinadores da entidade procurados, o Ita e a Gol foram os nicos que j responderam sobre a suspenso de Del Nero.

A Ambev, que patrocina, a seleo por meio da marca Guaran Antarctica, informou que no vai comentar o assunto.

A Vivo se limitou a dizer: “A Vivo patrocinadora oficial da Seleo Brasileira e no far comentrios em relao deciso da Fifa”.

At a publicao desta reportagem ainda no se manifestaram: Nike, Mastercard, Ultrafarma, English Live, Cimed e Univesidade Brasil.

FUGA DE PATROCINADORES

Quando Del Nero assumiu a presidncia da CBF, a entidade contava com um total de 13 patrocinadores. Hoje so dez.

Os patrocinadores que deixaram a entidade desde ento foram: Sadia, Chevrolet, Gillette, Samsung, Unimed e Michelin. As duas primeiras empresas tinham as cotas de patrocnios master.

Hoje o espao principal ocupado por Nike, Vivo, Ita e Guaran Antarctica.

Em 29 de maio de 2015, dias aps Jos Maria Marin ser preso na Sua no incio do escndalo de corrupo na Fifa, Del Nero concedeu entrevista coletiva na sede da CBF para falar sobre o escndalo de corrupo e descartar a renncia sem nenhum banner com os patrocinadores.

poca, a assessoria de imprensa da CBF informou que no houve tempo para montar o painel no auditrio da entidade nesta sexta. Mais tarde, disse que o uso do backdrop restrito a eventos que tratem de seleo brasileira.

Na posse do cartola como mandatrio da confederao, porm, sem ligao direta com a seleo, foram expostas as imagens dos patrocinadores.



Source link

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA