Procurador-geral de Justiça diz que verdade tem sido “mutilada” para afetar o Ministério Público de MT

O procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, afirmou que a tentativa de fragilizar o Ministério Público do Estado é uma “missão praticamente impossível”.

 

A declaração foi dada na quinta-feira (5), durante solenidade de posse de Marcelo Ferra de Carvalho, Jorge da Costa Lana e José Norberto de Medeiros Júnior como procuradores de Justiça.

 

Em seu discurso, Curvo citou a lenda de Procusto, figura da mitologia grega que torturava suas vítimas para encaixá-las ao seu leito, tentando impor a todo custo uma matriz.

Infelizmente, a versão mentirosa dos fatos foi propalada por todas as possibilidades que o mundo moderno permite

 

“Atualmente, a verdade se encontra refém de Procusto e aprisionada a seu leito. Estão mutilando a verdade para fazer com que ela se encaixe”, afirmou, referindo-se à citação de seu nome e do novo procurador Marcelo Ferra na conversa de policiais militares acusados de escutas ilegais em Mato Grosso.

 

Na conversa, o coronel Evandro Lesco – preso na semana passada por participar de um suposto esquema montado para afastar o desembargador Orlando Perri das investigações – diz que o MPE é aliado do grupo.

 

Curvo voltou a dizer que foi ele quem ofereceu a denúncia contra os envolvidos e pediu a prisão de todos. Destacou, ainda, que foi Marcelo Ferra quem atuou no Pleno do Tribunal de Justiça e, ao final, sustentou pelo recebimento da denúncia.

 

“Infelizmente, a versão mentirosa dos fatos foi propalada por todas as possibilidades que o mundo moderno permite. Alguns o fizeram simplesmente por desconhecimento dos fatos, outros com o indisfarçável propósito de tentar fazer com que o cidadão de bem deste Estado venha a desacreditar em nossa instituição”, afirmou.

 

“A tentativa de fragilizar o Ministério Público é uma missão praticamente impossível. Nossa instituição tem trabalhos efetivos na defesa da sociedade, tanto no combate ao narcotráfico, a corrupção, ao desvio de dinheiro público, na defesa da criança e do adolescente, na defesa da cidadania, nas suas mais variadas áreas de atuação. Então, os fatos aqui não fertilizam o terreno para que a mentira seja transformada em verdade graças ao trabalho de todos os membros e servidores desta instituição”.

Midia News

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA